Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O Filho de Eneias



Sábado, 21.09.13

Estórias czarianas

Uma das gaffes mais espirituosas de Pedro, o Grande, pela pena do duque de Saint-Simon (Mémoires du duc de Saint-Simon):

"O czar não estava irritado porque a Inglaterra não tinha mostrado muita pressa em mandar-lhe uma embaixada. Quando, finalmente, esta chegou, primeiro não lhe concedeu audiência, depois marcou-a, mas a bordo de um veleiro holandês que ele havia de visitar. Os embaixadores acharam extravagante a ideia, mas acomodaram-se a ela. Quando chegaram a bordo, foi-lhes dito que o czar estava na gávea e que os receberia lá em cima. Os embaixadores, que não se sentiam com alma de marinheiros, recusaram-se a enfrentar as longas escadinhas de corda; mas o czar insistia, e os embaixadores ficavam cada vez mais embaraçados com aquela bizarria tão discutível; até que, tornando-se o tom do czar cada vez mais brusco, não tiveram outro remédio senão subir. Na gávea - assim, sem mais nada e fustigados pelo vento - foram recebidos por um Pedro solene e majestoso, como se estivesse sobre um trono. Ouviu a sua arenga e respondeu convenientemente; mas, por fim, troçou do medo que via estampado naquelas faces vincadas, e deu a entender, rindo-se, que lhes tinha imposto as vertigens, como castigo por se terem apresentado tão tarde."

Autoria e outros dados (tags, etc)

por João Pinto Bastos às 14:54



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Setembro 2013

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930